Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Família é quem cria

Nem tudo é genético. Mas tudo que somos, aprendemos com nossos pais. Que podem ser biológicos ou não. Que podem ser pai e mãe, pai e pai, mãe e mãe. Não importa.
Família, na verdade, é quem cria. E o que importa é o que herdamos dela: o jeito de olhar, de sorrir e, principalmente, nossos valores.
Para provar isso, queremos aproveitar a febre do aplicativo ‪#‎LikeParent‬para expor histórias de filhos adotivos que, mesmo não sendo fisicamente parecidos, são 100% “a cara dos pais". E o que eles têm em comum? Todos são adotados e criados com muito amor.
Se você também acredita que família é quem cria, faça como eles: adote você também. E compartilhe sua história com a gente.
Família é quem cria. Uma campanha da Adoção Brasil.


Nem tudo é genético. Mas tudo que somos, aprendemos com nossos pais. Que podem ser biológicos ou não. Que podem ser pai...

Posted by Adoção Brasil on Quinta, 18 de junho de 2015

terça-feira, 26 de maio de 2015

I Piquenique Adoção Brasil em comemoração ao dia Nacional da Adoção

O encontro ocorreu no Parque Villa Lobos no dia 24/05/2015 e ficamos imensamente agradecidos pela presença de todos.



Segue mais algumas imagens que registraram nosso encontro ;)


















quinta-feira, 21 de maio de 2015

Número de pretendentes é quase 6 vezes maior do que o número de crianças disponíveis

De acordo com os dados do relatório do CNJ gerado em Maio/2015 o número de pretendentes é quase 6 vezes maior do que o número de crianças disponíveis.



gerado por Piktochart



No gráfico abaixo é possível ver a diferença por raça branca, negra, amarela, parda e indígena confrontando pretendentes X crianças/adolescentes.

gerado por Piktochart

terça-feira, 19 de maio de 2015

Novo Cadastro Nacional de Adoção promete simplificar e acelerar processos

Inovação do sistema tem objetivo de facilitar a identificação de crianças e famílias que pretendem adotar

Por Crescer online - 14/05/2015 08h32 - atualizada em 14/05/2015 12h40
 
bebê adoção cadastro nacional de adoção  (Foto: thinkstock)


Quem pretende adotar crianças tem motivos para comemorar. O Cadastro Nacional de Adoção (CNA), criado em 2008 pelo Conselho Nacional de Justiça, agora está mais eficiente e promete acelerar o processo.

Desde o início, o objetivo do CNA era facilitar a identificação de famílias dispostas a adotar e crianças que se encaixassem em cada perfil. Mas a defasagem do sistema utilizado até então fazia com que ele estivesse constantemente desatualizado e, por consequência, não funcionava como era esperado.

Agora, com o novo CNA, está mais fácil o preenchimento de informações pelo juiz e o cruzamento de dados entre os pretendentes e as crianças de todo o Brasil. Assim que um juiz preencher o cadastro de uma nova criança, ele será informado pelo sistema sobre a existência de pretendentes na fila de adoção em busca daquele tipo de perfil. O inverso também irá acontecer quando o juiz inserir um novo pretende no CNA.

 
Boas notícias
 
Outra novidade positiva é que a tecnologia irá alertar os juízes quando um registro de família ou de criança ficar inativo por muito tempo. Então, deverá haver uma consulta a esse processo para checar quais obstáculos estão impedindo a adoção.

Hoje, o CNA soma 33,5 mil pretendentes e 5,7 mil crianças que podem ser adotadas. O novo sistema está em funcionamento desde ontem (13).

“Essa forma simples faz do CNA, efetivamente, uma ferramenta para auxiliar o juiz na busca de aproximar o adotando e os possíveis pretendentes, facilitando o processo de adoção, que deve ser o seu objetivo maior”, disse a corregedora ministra Nancy Andrighi em sessão plenária do Conselho Nacional de Justiça, quando o novo cadastro foi anunciado.


Fonte: CRESCER | Você precisa saber

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Piquenique em comemoração ao Dia Nacional da Adoção


Este ano queremos celebrar o Dia Nacional da Adoção (25/05/2015), para comemorarmos esta data importante estamos convidando a todos para nos reunirmos, confraternizarmos, trocarmos experiências e nos conhecermos em um agradável piquenique!

Este piquenique acontecerá no dia 24 de Maio, em um Domingo, à partir das 10:30hs no Parque Villa Lobos (São Paulo-SP), nos próximos posts falaremos a área exata do parque que estaremos.

Estamos ansiosos e esperamos que seja um sucesso, venham e tragam toda família para fazermos deste domingo um dia especial , pedimos que tragam quitutes e bebidas para seu próprio consumo!

Falaremos mais sobre o assunto em futuros posts...

Parque Villa Lobos Endereço: Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2001
Bairro: Alto de Pinheiros
Cep: 05461-010 São Paulo - SP

O Parque fica a 500 metros da Estação Villa Lobos Jaguaré (CPTM).

O estacionamento é gratuito.



Esperamos vocês lá ;)

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Posso mudar o nome do meu filho?

Pode sim, mas não é recomendado mudar o nome de crianças com mais de dois anos de idade, pois este nome já faz parte da sua personalidade.

Para as crianças com menos de dois anos os especialistas não enxergam problemas quanto a mudança de nome e em muitos casos quando a Vara da Infância e Juventude faz aquela ligação tão esperada informando que chegou a sua vez, o nome é o que menos importa e muitos acabam nem alterado o nome de nascença (se assim podemos dizer) desta criança.